Empréstimo via maquininha de cartão para MEI: saiba mais

Em tempos de crise, a busca por empréstimos costuma crescer. Durante a pandemia não está sendo diferente, porém, o acesso ao crédito ainda é dificultado por taxas e condições pouco atrativas. Recentemente, foi aprovado pelo Senado um programa de crédito via maquininha de cartão para MEI, que facilita empréstimos de até R$50 mil para microempreendedores individuais.

Empréstimo via maquininha de cartão para MEI: Saiba mais 

Microempreendedores individuais e donos de micro e pequenas empresas tem enfrentado grandes desafios financeiros, por conta da crise do coronavírus. Além dos lucros serem afetados, a necessidade de manter a empresa funcionando, com contas em dia e funcionários pagos, motiva ainda mais a busca por empréstimos.

Apesar da retomada das atividades estar acontecendo gradualmente, é difícil dizer com precisão quando a economia voltará ao normal. Por isso, bancos tornaram-se ainda mais seletivos ao fornecer crédito pessoal, por medo de inadimplência.

A aprovação do Senado da medida provisória que dá origem ao Peac (Programa Emergencial de Acesso a Crédito) simboliza um avanço na busca de MEIs por mais segurança financeira nesse momento de crise.

Saiba se o empréstimo para MEI é a melhor opção para você.

Senado aprova programa de crédito via maquininha 

Em 29/07/2020, foi aprovada pelo Senado por unanimidade a medida provisória nº 975, que possibilita empréstimos de até R$50 mil para MEIs, microempresas e empresas de pequeno porte. O objetivo do Programa apresentado na medida, o Peac, é facilitar a obtenção ao crédito por meio de garantias mais seguras, amenizando os impactos causados pelo Covid-19 aos trabalhadores.

Um dos diferenciais do Programa é o empréstimo com maquininha de cartão para MEI, micro e pequenas empresas, além de condições mais atrativas para médias empresas. Inicialmente, essa modalidade da maquininha não havia sido incluída na medida, mas teve o aval da Câmara de Deputados e foi mantida pelo Senado durante a aprovação.

Importante! O texto da medida vai à sanção, ou seja, deve ser assinado pelo Presidente para assim começar a valer. 

Saiba mais sobre o Peac

Programa Emergencial de Acesso ao Crédito facilita o acesso aos empréstimos por compartilhar o risco assumido pelo banco que faz a operação de crédito. Dessa forma, o programa oferece mais garantias a quem concede o empréstimo para o MEI.

Junto de instituições financeiras habilitadas, será feita a análise de crédito, podendo o empréstimo ser aprovado ou não, a partir das políticas de cada instituição.

A seguir, saiba tudo sobre o empréstimo via maquininha de cartão para MEI.

A modalidade de empréstimo via maquininha, chamado de Peac-Maquininhas contempla MEIs (faturamento até R$81 mil), donos de microempresas (faturamento até R$360 mil) e empresas de pequeno porte (entre R$360 mil e R$4,8 milhões anuais).

Além disso, a medida provisória traz o Peac-FGI, voltado para as pequenas e médias empresas (PMEs), com empréstimos garantidos pelo Fundo Garantidor de Investimentos.

Peac-Maquininhas para MEIs 

Se você é MEI e está buscando por um empréstimo facilitado, considere aproveitar essa modalidade do novo programa!

Com o Peac-Maquininhas, microempreendedores, micro e pequenas empresas podem solicitar empréstimos de até R$50 mil.

Para isso, terão de ceder ao banco que fez o empréstimo 8% dos direitos creditórios sobre vendas futuras. Assim será feito o empréstimo via maquininha: essa porcentagem será retirada das vendas que forem efetuadas através das maquininhas de cartão. Essa modalidade possibilita maior garantia para o banco que irá ceder o empréstimo.

Quem tiver interesse em acessar o empréstimo, deve cumprir os seguintes requisitos: 

  • Ter tido vendas de bens no Comércio ou Prestação de Serviços concretizados em pelo menos um dos meses entre Janeiro e Março de 2020;
  • Não tenham outras operações de crédito ativas fora a que pode ser formalizada através do Peac-Maquininhas.

Informações importantes sobre o Peac-Maquininhas: 

  •  O valor do empréstimo via maquininha será calculado com base na média mensal das vendas do profissional que solicita o crédito;
  • O limite de crédito será o dobro dessa média mensal de vendas, não ultrapassando R$50 mil por contratante;
  • taxa de juros será de 6% ao ano, com prazo de 36 meses para o pagamento. Isso inclui o prazo de carência de 6 meses para o início do pagamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *